Janelas ou painéis solares transparentes? Veja como funciona a energia solar espelhada

Pesquisadores desenvolveram um concentrador solar luminescente transparente que pode ser colocado sobre uma superfície transparente sem afetar a passagem da luz
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Sustentabilidade
Publicado em: 14/05/2019

Eles não atrapalham a passagem da luz, podem ter menos custos e acrescentam um novo design para prédios, residências, empresas e a qualquer outro projeto arquitetônico. Já faz alguns anos que uma equipe de pesquisadores da Universidade Estadual do Michigan está tentando desenvolver painéis solares completamente transparentes.

Divulgação/Universidade de Michigan
Divulgação/Universidade Estadual do Michigan

Na sua última tentativa, a experiência parece ter dado certo. Os pesquisadores desenvolveram um concentrador solar luminescente transparente que pode ser colocado sobre uma superfície transparente como uma janela, sem afetar a passagem da luz. Segundo a pesquisa, as células que captam a energia do sol utilizam moléculas orgânicas que absorvem comprimentos de onda de luz infravermelha e ultravioleta e as transformam em energia elétrica pelo processo fotovoltaico.

Dr. Lunt ainda explica que "se as células transparentes, no final das contas, se mostrarem comercialmente viáveis, a energia que geram poderia compensar significativamente o uso de energia de casas, empresas e grandes edifícios". Mesmo que não abasteça a necessidade energética de todo um edifício, segundo o pesquisador, ainda é possível suprir a necessidade diária de iluminação de uma empresa, por exemplo.

E o investimento para uma casa, além de garantir 95% de redução da conta de luz no final do mês, vai deixar tudo mais "bonito". As janelas podem receber a 'película" geradora de energia solar e deixar a sua casa mais parceira do meio ambiente e seu bolso pagando muito menos pelo consumo de energia elétrica.

Mas, enquanto a tecnologia ainda não é comercializada, podemos garantir que pelo menos a redução da conta de energia está mais que possível em terras brasileiras.

Graças às linhas de financiamento de energia solar do Banco do Brasil e demais instituições financeiras que incentivam o consumo de energia limpa, só aumenta o número de empresas e residências aproveitando o potencial solar energético que o Brasil tem. Hoje já são mais de 75 mil estabelecimentos gerando a própria energia por meio das placas solares, público que deve chegar a 886.700 até 2024, segundo as projeções oficiais da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).


Postar comentário