Ipês “queimam a largada” da temporada de flores em BH

Árvores começam a florar no fim do outono e no início do inverno
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Biodiversidade
Publicado em: 09/07/2019

Um dos momentos mais aguardados pelos admiradores de flores de Belo Horizonte finalmente chegou: a época dos ipês. As árvores começaram a sua temporada de floração no fim do outono e no início do inverno e, agora, já colorem as ruas da capital, muito antes da primavera chegar - em 23 de setembro.

Segundo a Prefeitura de BH, são mais de 27 mil unidades espalhadas pela capital de Minas Gerais. Os ipês são um dos conjuntos de árvores mais comuns da cidade.

Os ipês mais comuns são os de coloração rosa. Apesar disso, eles surgem em variadas cores, como roxo, branco, amarelo e verde. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), a floração mais rara é a verde, que totaliza apenas 0.07% da cobertura de BH.

Ipê rosa em Belo Horizonte (Eloah Rodrigues/Sou Ecológico)
Ipê rosa em Belo Horizonte (Eloah Rodrigues/Sou Ecológico)

O ipê é considerado um dos símbolos do Brasil. Em 1978, a lei 6.507 oficializou a flor do ipê como a flor nacional do país.

A florescência em abundância dos ipês se dá justamente nos períodos secos. A queda da temperatura é outro fator que auxilia no crescimento das flores dessas árvores.

BH apresenta nove espécies de ipês. Elas estão distribuídas nas regionais Leste, Oeste, Noroeste, Centro-Sul e Pampulha. Até setembro, as cores rosa e roxa predominam na cobertura vegetal. Em setembro, o ipê amarelo também ganha bom espaço. Como 2018 foi um dos anos de ipês cheios, a tendência é de que em 2019 a abundância de flores. Essa variação anual é considerada comum.

Veja o número de espécies de ipê em BH:

Ipê rosa: 9.665
Ipê tabaco: 6.034
Ipê amarelo: 2.807
Ipê roxo: 2.612
Ipê mirim: 2.475
Ipê branco: 2.446
Ipê sete folhas: 901
Ipê do cerrado: 140
Ipê verde: 20


Postar comentário