Envelhecimento com saúde: tudo o que você precisa saber para ter qualidade de vida

Bruno Frade - bruno@souecologico.com
Saúde
Publicado em: 30/05/2019

O processo de envelhecimento é natural da vida de qualquer pessoa, e se levarmos em consideração os hábitos e rotinas diária, esse período para algumas pessoas, acaba se tornando um grande desafio e não somente uma condição de existência.

De acordo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), em 2000 a população idosa com mais de 60 anos era de 14,5 milhões de pessoas. Hoje, ultrapassa 29 milhões e a expectativa é que, até 2060, suba para 73 milhões.

Com isso, a população caminha para uma vida mais longa, e dessa forma se torna essencial adotar cuidados e medidas mais saudáveis que contribuam para o envelhecimento com saúde.

Listamos dicas simples para deixar a sua saúde em dia! Então, vamos colocar em prática!

Atividades físicas

Mantenha uma rotina de exercícios, pois assim o corpo se habitua a prática e desenvolve músculos e tecidos, que serão muito importantes para o bom envelhecimento do organismo. Quando temos uma vida ativa, além de repercutir na qualidade física, também ajuda a diminuir os níveis de estresse e depressão. De acordo com a médica e geriatra da Clínica Penchel, Marayra França, os exercícios não podem faltar na vida dos idosos. “A sustentação de hábitos saudáveis auxilia na interação social, e ainda contribui para a saúde física e mental de pessoas idosas”, ressalta.

Atividades físicas também ajudam a diminuir os níveis de estresse e depressão. Foto: Domínio Público
Atividades físicas também ajudam a diminuir os níveis de estresse e depressão. Foto: Domínio Público

Descanso

Dormir melhora a qualidade de vida de quem está na melhor idade. Normalmente, a necessidade de sono diminui conforme o passar dos anos, mas manter uma rotina entre 7-8 horas diária pode proporcionar o descanso adequado. A famosa frase: “mente sã, corpo são”.

Alimentação

Outra recomendação da médica também importante é a de sempre consumidor alimentos ricos em fibras e nutrientes. A terceira idade chega com muitos desafios, como a osteoporose, artrite e artrose, que são terríveis agravantes à saúde. “Incluir laticínios, fibras e grãos na alimentação diária, irá contribuir para o melhor funcionamento do corpo. Ainda é preciso lembrar a importância do consumo de muita água e de sucos naturais, pois eles irão ajudar a manter o corpo hidratado”, explica Marayra.

Acima de todo e qualquer desafio apresentado durante a velhice, o autocuidado deve ser uma das maiores prioridades no dia a dia das pessoas. Preocupar-se com a qualidade e procedência da alimentação; desenvolver atividades que sirvam como uma terapia; e investir na participação em eventos e atividades em grupo, é essencial para que os idosos possam melhorar as relações interpessoais, ter uma vida saudável e equilibrada.

Foto: Domínio Público
Foto: Domínio Público

Postar comentário