Atropelamento de animais é tema de debate

Audiência Pública, na ALMG, vai discutir saídas para reduzir ocorrências nas estradas
Da redação* - redacao@souecologico.com
Preservação Ambiental
Publicado em: 21/10/2019

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai debater, amanhã (22/10), o atropelamento de animais silvestres nas rodovias que cortam o Estado. De acordo com justificativa contida no requerimento para a reunião, mais de 15 animais morrem por segundo nas estradas brasileiras, o que leva ao número de mais de um milhão de mortes diárias.

O objetivo do encontro na ALKMG é debater a necessidade de um diagnóstico do problema nas rodovias mineiras, mapeando os locais com maiores índices de atropelamentos, e discutir soluções para a situação. Conforme informações do requerimento, algumas soluções possíveis, já realidade em outros países, são, por exemplo, a construção de passagens de fauna e a implantação de redutores de velocidade para os veículos.

Os parlamentares querem debater, ainda nesse contexto, a inserção de cláusulas relativas ao assunto em processos de licitações e licenciamentos ambientais. Também deve ser discutida a possibilidade de licenciamentos corretivos, ou seja, a adequação de contratos e autorizações já em andamento, nos casos onde há altos índices de atropelamentos.

* Com informações da ALMG.

Leia mais:

BR 101 tem passarela para animais


Postar comentário