Adeus às baleias cantoras

Lélio Costa e Silva
Espaço Aberto
Publicado em: 27/06/2019

Quando um dia no oceano

um belo canto você escutar

Será de lamento ou pranto

Das baleias no azul do mar.

E quando da chegada hora

do dia da extinção,

Cantarão nas ondas, agora

A marítima dor da canção.

E se no mar a misteriosa aurora

Buscar o sol, brotando do fundo

A lição do horizonte de outrora

Não será mais deste mundo.

Submarina vida, dos mares prometidos

Fazendo a noite descer mais cedo

Não será mais preciso navegar

Não existe no mar mais nenhum segredo.

E nos abrolhos marejados

Cantarão as últimas baleias

Das águas, seres vivos amados

Lavando os olhos nas areias.

Submarina vida, da pátria traída.


Postar comentário