As árvores

Letícia Vieira Reinhardt
Espaço Aberto
Publicado em: 19/04/2019

As árvores rasgam os tempos e conseguem sobreviver a muitos e muitos anos. Sua vida útil é muito maior do que a humana. As árvores, frutíferas ou não, dão sombra aos que dela recorrem para refrescar nos dias escaldantes, servem de abrigo aos pássaros, passagem aos macacos. Em uma floresta, elas se comunicam entre si por meio de suas raízes e transferem nutrientes às mais novas. São seres vivos incríveis, e em uma semente está presente todo o potencial para se transformar em uma imponente árvore.

Elas mantêm o solo úmido e são protetoras das nascentes dos rios. No período das chuvas suas raízes absorvem o excesso de água, evitando alagamento nas ruas das grandes cidades. De suas raízes, troncos e folhas podemos extrair óleos, resinas e essências na fabricação de remédios para a cura de várias doenças do homem e dos animais e para o tingimento de tecidos. Seus frutos servem de alimento para várias espécies.

Foto: Domínio Público
Foto: Domínio Público

As árvores são ainda as principais responsáveis pela transformação do gás carbono em oxigênio. Quando o meio ambiente não está equilibrado, muitas vezes devido ao aquecimento global, elas têm sua florada alterada, passam a dar frutos em época diversa da esperada, servindo de indicativo de que as coisas não vão bem. Hoje, no que tudo indica, a morte de baobás mais antigos da África vem ocorrendo devido ao aumento da temperatura no mundo e da seca.

Uma figueira serviu de inspiração para Buda alcançar o seu estado de iluminação plena. Eram nas oliveiras que Jesus se refugiava, buscava se comunicar com Deus e desempenhar da melhor forma sua missão, trazendo os ensinamentos do Céu para os homens da Terra.

Esta criação divina é sagrada para várias culturas milenares pois é tida como símbolo da criação, fecundidade e imortalidade, sendo conhecida por estes povos como Árvore da Vida.

Se o homem se conscientizasse de como importante é uma árvore para a vida de todos, pensaria duas vezes antes de cortá-la e derrubá-la. A sua preservação é fundamental para o Planeta.

*Servidora do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais


Postar comentário