> Notícias

Inseto indicador de qualidade de água é descrito em Minas


font_add font_delete printer
O artigo compreende uma descrição dos estágios imaturos, macho e fêmea, assim como da história natural de uma nova espécie de inseto que vive no Parque Estadual do Rio Preto, próximo à cidade de Diamantina. Foto: PUC Minas

O artigo compreende uma descrição dos estágios imaturos, macho e fêmea, assim como da história natural de uma nova espécie de inseto que vive no Parque Estadual do Rio Preto, próximo à cidade de Diamantina. Foto: PUC Minas

Espécie foi registrada no Parque Estadual do Rio Preto, próximo a Diamantina

 

21/06/2018

Uma nova espécie de inseto, Plectromacronema solaris, indicador de qualidade de água, acaba de ser descrita em Minas. Os autores da publicação são o professor Henrique Paprocki, da PUC Minas, e a aluna de iniciação científica bolsista do Fundo de Incentivo à Pesquisa (FIP PUC Minas) Larissa Moreira Silva, do curso de Ciências Biológicas. O projeto foi desenvolvido na Coleção de Invertebrados do Museu de Ciências Naturais da instituição.

O artigo compreende uma descrição dos estágios imaturos, macho e fêmea, assim como da história natural de uma nova espécie de inseto que vive no Parque Estadual do Rio Preto, próximo à cidade de Diamantina.

Esse grupo de insetos pertencentes à ordem Trichopter, cujos imaturos são exclusivamente aquáticos e considerados indicadores de boa qualidade de água. Os adultos da espécie se assemelham a pequenas mariposas e voam nas margens de córregos nas montanhas do Espinhaço meridional.

As larvas habitam riachos de montanha encaichoeirados, com ótimas condições de qualidade de água. A Plos One, revista na qual foi publicado o estudo, é uma publicação científica de acesso livre disponível apenas on-line.

O conteúdo na íntegra pode ser acessado aqui.
 

Fonte: PUC Minas 


Compartilhe




Outras Notícias