> Notícias

Forumdoc.bh exibe filme sobre luta de líder indígena contra o extrativismo


font_add font_delete printer
A programação está distribuída em três mostras: “Os Fins neste Mundo: Imagens do Antropoceno”, com 35 filmes; “Mostra Contemporânea Brasileira”, com 21 produções, e “Mostra Contemporânea Internacional”, com 10 documentários. O evento também abriga sessões especiais e mostra de fotografias. Foto: UFMG

A programação está distribuída em três mostras: “Os Fins neste Mundo: Imagens do Antropoceno”, com 35 filmes; “Mostra Contemporânea Brasileira”, com 21 produções, e “Mostra Contemporânea Internacional”, com 10 documentários. O evento também abriga sessões especiais e mostra de fotografias. Foto: UFMG

Escola de Arquitetura da UFMG abriga a sessão nesta quarta

28/11/2017

 

O “Festival do Filme Documentário e Etnográfico de Belo Horizonte - Forumdoc.bh” exibe na Universidade Federal de Minas Gerais a 21ª edição com mais de 70 filmes documentais e obras que dialogam com esse gênero. A Fafich e a Escola de Arquitetura abrigarão hoje, 28, e quarta-feira, 29, respectivamente, encontro com Alberto Pizango, principal liderança indígena da Amazônia peruana, que está em Belo Horizonte a convite da organização do evento.

Na Fafich, sua conferência terá início às 9h, no auditório Professor Baesse. Na Escola de Arquitetura, integrando a mostra “Os Fins neste Mundo: Imagens do Antropoceno”, será exibido, no auditório, a partir das 19h, o filme “Quando Dois Mundos Colidem”, da diretora peruana Heidi Brandenburg Sierralta e do inglês Mathew Orzel (2016). A sessão será seguida de debate.

“Quando Dois Mundos Colidem” conta a história do líder indígena Pizango, que, forçado ao exílio e condenado a 20 anos na prisão, enfrenta grandes empresas que exploram a Amazônia. Recusando-se a se render, ele continua sua luta, lançando luz sobre as conflitantes visões que moldam o destino da Amazônia e o futuro do clima do mundo.

 

O Festival

Dando continuidade ao seu tradicional escopo (exibir, debater e evidenciar produções que abordam diversas perspectivas autorais e culturais), o Forumdoc.bh põe em exibição filmes brasileiros lançados recentemente e premiados nacional e internacionalmente, como “Arábia” (Affonso Uchoa e João Dumans), eleito o melhor filme no Festival de Cinema de Brasília em 2017, “Baronesa” (Juliana Antunes) e “Era uma Vez Brasília” (Adirley Queirós).

Organizado pelo coletivo Filmes de Quintal, o Festival será realizado até 3 de dezembro, com sessões de cinema gratuitas, além de curso e fórum de debates que compreendem seminário e sessões comentadas, no Cine Humberto Mauro e Cine 104.

A programação está distribuída em três mostras: “Os Fins neste Mundo: Imagens do Antropoceno”, com 35 filmes; “Mostra Contemporânea Brasileira”, com 21 produções, e “Mostra Contemporânea Internacional”, com 10 documentários. O evento também abriga sessões especiais e mostra de fotografias.

Confira a programação da edição 2017 do Festival.

 

Fonte: UFMG


Compartilhe




Outras Notícias