> Notícias

Pesca está restrita em rios de Minas com início do período da piracema


font_add font_delete printer
As regras dizem respeito às normas para pesca nessa época em que os peixes sobem para as cabeceiras dos rios para se reproduzir.  Foto: Domínio Público

As regras dizem respeito às normas para pesca nessa época em que os peixes sobem para as cabeceiras dos rios para se reproduzir. Foto: Domínio Público

Restrição nas bacias hidrográficas do Leste e dos rios Grande, Paranaíba e São Francisco se estende até fevereiro

10/11/2017

Já começou o período de restrições em Minas Gerais para a pesca nas Bacias Hidrográficas do Leste do Estado e dos rios Grande, Paranaíba e São Francisco, em função da piracema, que se estende de 1º de novembro a 28 de fevereiro.

As regras dizem respeito às normas para pesca nessa época em que os peixes sobem para as cabeceiras dos rios para se reproduzir. A pesca de espécies nativas está proibida em todo o estado e a de exóticas (com origem em outros países) e alóctones (com origem em outros estados) está restrita a três quilos diários, ou por jornada de pesca, por pescador.

Já a pesca amadora e de subsistência, embarcada e desembarcada, são permitidas, desde que observadas as restrições constantes nas portarias e demais legislações em vigor.

A palavra piracema tem origem tupi e significa “subida do peixe”. Refere-se ao período em que buscam os locais mais adequados para desova e alimentação. O fenômeno acontece todos os anos, coincidindo com o início do período das chuvas, entre os meses de novembro e fevereiro.

Fonte: Agência Minas


Compartilhe




Outras Notícias