> Notícias

‘Eu sou Amazônia’


font_add font_delete printer
Cerca de 60% das áreas devastadas da floresta foram transformadas em pasto para a pecuária. Imagem: Reprodução Google

Cerca de 60% das áreas devastadas da floresta foram transformadas em pasto para a pecuária. Imagem: Reprodução Google

Plataforma do Google explica como a produção de carne destrói a floresta

 

03/08/2017

A superprodução de carne bovina no Brasil provoca em nossas florestas um efeito literalmente devastador. Com enfoque no desmatamento provocado pela pecuária na Floresta Amazônica, o Google desenvolveu uma ferramenta interativa que conta essa história e alerta para as ameaças provenientes da indústria da carne para a região. Usando o Google Earth como plataforma base, as informações ilustradas pela ferramenta são assustadoras.

Como um dos maiores produtores e exportadores do mundo, cerca de 38% da carne brasileira vem da Amazônia. Não é por acaso, portanto, que em torno de 60% das áreas devastadas da floresta tenham se transformado em pasto para a pecuária. O tamanho real do desmatamento corresponde à área da Espanha.

Com mapas interativos em 3D, vídeos, gráficos e depoimentos daqueles que são os mais diretamente afetados pela destruição do verde – tais como povos indígenas e moradores da região – em material inédito e profundamente documentado, a ferramenta Eu Sou a Amazônia é uma parceria do Google com o diretor de cinema Fernando Meirelles, responsável por filmes como Cidade de Deus e Ensaio Sobre a Cegueira, que produziu diversas imagens.

Os males provenientes do excesso de produção de carne são, portanto, também os males do excesso de consumo, que apontam para os limites do próprio capitalismo diante do cenário apocalíptico que se anuncia. A busca desvairada e desregrada pelo lucro a qualquer custo leva também à destruição de nossas florestas e águas, que desaparecem a olhos vistos todos os dias, como mostra a ferramenta.

Confira o vídeo.

 

Fonte: Hypeness

 

 


Compartilhe




Outras Notícias