> Notícias

ONU diz que "futuro das aves migratórias é o futuro da humanidade"


font_add font_delete printer
Pelicano branco - Foto: Unep/AEWA/Sergey Dereliev

Pelicano branco - Foto: Unep/AEWA/Sergey Dereliev

10/05/2017 - por Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque

A ONU Meio Ambiente alertou que as aves migratórias estão enfrentando um número crescente de ameaças durante longas viagens. A agência da ONU fez a declaração para marcar o Dia Mundial das Aves Migratórias, este 10 de maio.

Para escapar do frio nos Hemisférios Sul ou Norte, dependendo da época do ano, esses pássaros realizam voos intercontinentais com paradas específicas para que possam descansar e prosseguir a jornada.

Caça ilegal

Entre as ameaças, as aves enfrentam a perda de seu habitat natural, mudanças nas práticas de agricultura e principalmente a caça ilegal.

Nessa data, a ONU Meio Ambiente cita a necessidade da cooperação internacional para proteger os pássaros migratórios e seus habitats naturais para o benefício da humanidade.

O tema deste ano é: "O Futuro Delas é o Nosso Futuro – Um Planeta Saudável para Aves Migratórias e para as Pessoas" e ele está diretamente ligado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

A agência cita o exemplo da chamada pomba-tartaruga europeia, cuja população caiu 90% desde 1970 e está em risco de extinção.

No caso da perda do habitat natural no litoral Atlântico do continente Americano, houve uma redução de 80% nos pássaros chamados maçarico-de-papo-vermelho nos Estados Unidos, desde 2000.

 


Compartilhe