> Notícias

“Agenda ambiental deve estar no centro da estratégia de desenvolvimento”, diz novo líder do WWF-Brasil


font_add font_delete printer
Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

“Nosso desafio como organização ambientalista de base científica é demonstrar aos tomadores de decisão que a melhor forma para superar a crise global é colocar a agenda ambiental no centro das estratégias de desenvolvimento.” A afirmação é do novo diretor-executivo do WWF-Brasil, Maurício Voivodic, organização que completa 21 anos em 2017.

O novo diretor do WWF-Brasil acredita que a economia de baixo carbono e os empregos verdes são pilares que podem acelerar o crescimento econômico, posicionando o Brasil como liderança global. “Precisamos de dirigentes com visão de futuro, que consigam escutar e atender aos anseios da sociedade”, diz ele.

Engenheiro florestal, formado pela Universidade de São Paulo (USP), Voivodic tem 37 anos, possui mestrado em Ciência Ambiental e atua há quase duas décadas cem temas socioambientais no Brasil e em redes internacionais. Fez carreira profissional no Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), onde passou por diversos cargos e áreas de atuação. Lá, foi secretário-executivo entre 2011 e 2016, período em que adquiriu ampla experiência em gestão de ONGs, com dedicação especial a processos de planejamento estratégico e ferramentas de motivação e desenvolvimento de equipe.

Voivodic tem sólida experiência no setor florestal e em cadeias agropecuárias, sempre atuando na promoção de práticas sustentáveis e cadeias produtivas responsáveis. Foi membro do conselho diretor de duas organizações internacionais: ISEAL e Sustainable Agriculture Network (SAN), do Steering Committee do Tropical Forest Alliance 2020 e fellow do programa Climate Strategies Accelerator. 

Saiba mais:

www.wwf.org.br


Compartilhe




Outras Notícias