Segunda, 21 de março de 2016

Para vencer a crise

Em tempos de recessão econômica, ceticismo e depressão generalizada, a Revista Ecológico reedita a série de artigos que publicou enquanto “JB Ecológico”, no Jornal do Brasil e em parceria com a Ediouro, sobre o livro-filme “O Segredo”, da escritora Rhonda Byrne, best-seller mundial até hoje

redacao@revistaecologico.com.br



font_add font_delete printer

"Tudo o que você deseja - alegria, amor, abundância, prosperidade, bem-aventurança - está ali, pronto para você pegar. E você precisa ter fome disso. Precisa ter intenção. E quando você agir intencionalmente e deseja com ardor, o Universo lhe entregará cada coisa que você desejou" - Imagem: Lisa Nichols, escritora

Quem assistiu ao filme ou leu o livro “O Segredo”, de Rhonda Byrne, se surpreendeu com a simplicidade que é descobrir o poder dos pensamentos e sua influência em nossos corpos e na nossa vida. Mais que isso, é descobrir que eles são a mola propulsora da felicidade, funcionando como um escudo contra a tensão e outros males que assolam a humanidade hoje. Com uma filosofia ecológica e direta, “O Segredo” profetiza: você atrai, é e vive o que pensa.

Mas como pode um filme ou um livro despertar tanta curiosidade e provocar uma comoção em escala mundial? Os números dizem por si: mais de 20 milhões de cópias foram vendidas em todo o mundo desde o seu lançamento, em 2007. Isso porque o “O Segredo” sagra-se por ser mais do que um instrumento de auto-ajuda. Traz uma grande quantidade de depoimentos, histórias reais que às vezes até parecem inacreditáveis. A ciência já havia provado que o pensamento positivo tem um efeito poderoso sobre o corpo, mas esses depoimentos parecem estar além. São casos em que o universo e as pessoas produzem e atraem tanta energia que todas as ações humanas têm resultados satisfatórios. Mais. Conclama a “Ecologia da Atração” como a grande esperança de um mundo melhor, com paz, igualdade e liberdade comuns à toda vida pulsante no único planeta com vida conhecido na Via Láctea. É isso que você, caro leitor, irá conferir aqui, na primeira das três partes da série especial sobre “O Segredo”, que a Ecológico apresentará até o mês de maio. Boas vibrações! Seja bem-vindo (a) ao segredo mais poderoso do universo para sair da crise. Desde que você acredite, é claro. E tenha fé em si mesmo, como Jesus nos ensinou. Boa e proveitosa leitura!

O segredo é a lei da atração.

Tudo o que vem até você é atraído por você mesmo. É atraído pelas imagens que você mantém em sua mente. É o que você está pensando. Alguns povos, como os babilônios, sempre souberam disso. São grupos privilegiados de pessoas. Por que você acha que 1% da população mundial ganha cerca de 96% do dinheiro que é gerado em todo o planeta? Você acha que isso é um acidente?

Isso não é um acidente!

É planejado dessa forma. Eles entendem o segredo. Sabem que o modo mais simples de se encarar a lei da atração é imaginar a si mesmo como um imã. Um ímã atrai outro ímã.

Basicamente, os semelhantes se atraem, tendo em vista que essa é uma lei que trabalha no nível do pensamento. Nosso trabalho, como seres humanos, é pensar no que nós queremos e deixar isso absolutamente claro em nossas mentes. A partir desse ponto em diante, nós passamos a invocar uma das leis mais poderosas do Universo ou de Deus, da Criação, como quiser: a lei da atração.

Muitas pessoas não entendem que pensamentos possuem uma frequência. E nós podemos medi-la em um pensamento. Se você pensa em uma mesma coisa por várias e várias vezes, se mantém aquela imagem na cabeça: aquele carro novo, a casa ou o apartamento de seus sonhos, tendo o dinheiro de que você precisa, construindo aquela empresa, encontrando a sua cara metade, etc. Se você imagina como seriam essas coisas, você emite uma determinada frequência consistentemente.

Pensamentos emitem um sinal magnético que atrai um sinal semelhante de volta a você. Imagine-se vivendo com abundância e você atrairá isso. Sempre funciona. Funciona a qualquer momento, com qualquer pessoa.

Muitas pessoas pensam naquilo que não querem e se perguntam porque essas coisas aparecem repetidamente na vida delas. A lei da atração não quer saber se você busca algo que seja bom ou ruim ou se você quer ou não determinada coisa. Ela simplesmente responde aos seus pensamentos. Se você fica olhando para um monte de dívidas e sente-se mal a respeito, este é o sinal que você está enviando para o Universo: “Eu me sinto muito mal por conta desse monte de dívidas que eu tenho”. Você está afirmando isso para você mesmo. Você sente essa situação ruim profundamente em todos os níveis do seu ser. Assim, você terá mais dívidas ainda.

Lei da Atração

Quando você olha para algo que quer e diz sim para esse algo, você está ativando o pensamento, e a lei da atração responde a ele. Ela lhe traz coisas que combinem com esse algo. Quando olhar para algo que você não quer e diz não para ele, você, na verdade, não o está afastando. Você está ativando o pensamento relacionado ao que você não quer e a lei da atração trata de trazer mais desse algo para você. Tudo está relacionado a ela. A lei da atração trabalha o tempo todo, quer você acredite nela, a entenda ou não.

Você pode estar pensando em algo relacionado ao passado, presente ou futuro. Quer esteja relembrando, observando ou imaginando, ainda assim você ativa o processo do pensamento e a lei da atração responde ao seu pensamento. A Criação acontece o tempo todo. Toda vez que um indivíduo tem um pensamento, no processo de criação algo irá se manifestar.

A lei da atração diz: nós lhe daremos o que quer que você diga e no que quer que você se foque. Então se você reclama de quão ruim uma situação é, você cria mais dessa mesma situação. Nós podemos ser muito positivos na nossa orientação e, assim, tendermos a atrair pessoas, eventos e circunstâncias positivistas. Se nós formos negativos na nossa orientação, nós tenderemos a atrair pessoas, eventos e circunstâncias negativistas.

Você atrai até você os pensamentos mais predominantes na sua mente. Quer eles sejam conscientes ou inconscientes. Se você prestar atenção no poder da nossa mente, no poder das nossas intenções, das nossas vidas diárias, o segredo está por todos os lados! Tudo o que nós temos de fazer é abrir os olhos e ver!

Você vê a lei da atração evidente na nossa sociedade quando percebe que aqueles que mais falam de doenças as têm, quando você percebe que aqueles que mais falam de prosperidade a têm. A lei da atração é evidente ao nosso redor se você entende o que ela é. Tem a ver com você ser um ímã atraindo pensamentos, atraindo pessoas, atraindo eventos, atraindo estilos de vida. De fato, tudo o que você traz à sua experiência de vida você traz por causa dessa poderosa lei.

Esse entendimento é básico e profundo. A física quântica diz que não se pode ter um Universo com a mente separada dele. A mente, na verdade, molda o tempo todo o que está sendo percebido por ela mesma.

Geralmente quando as pessoas começam a entender isso elas ficam com medo por conta da quantidade de pensamentos negativos que normalmente têm. Há duas coisas das quais você precisa estar ciente: a primeira é que já foi provado cientificamente que um pensamento positivo é centenas de vezes mais forte do que um pensamento negativo. Isso, por si só, já elimina um certo grau de preocupação.

Segundo, é que vivemos numa realidade onde nós temos um tempo de espera. E isso nos é útil. Você não gostaria de viver num ambiente onde os seus pensamentos se manifestassem imediatamente. As coisas vêm constantemente, mas a um certo prazo, o que é muito bom. Você quer estar ciente dos seus pensamentos, quer escolher os seus pensamentos cuidadosamente e ainda quer se divertir com isso. Porque você é a obra prima da sua própria vida. Você é o Michelangelo da sua própria vida. A obra que você está esculpindo é você! E você faz isso através dos seus pensamentos.

Tudo ao seu redor nesse momento da sua vida, incluindo as coisas das quais você reclama, você atraiu. Isso é algo que você vai odiar ouvir. Você pode dizer que não atraiu aquele acidente de carro, não atraiu aquele cliente específico, não atraiu aquela dívida, não atraiu qualquer que seja a coisa da qual você reclama. Você atraiu, sim. Esse é um dos conceitos mais difíceis de absorver. Mas, uma vez que você aceite isso, é transformador. Faz parte do grande segredo.

Costumamos pensar que nós não temos nenhum controle sobre os pensamentos, que eles funcionam em piloto automático. Mas tudo é trazido até nós por eles.

Ecologia emotiva

As emoções são um dispositivo incrível que nós temos para nos informar sobre o que temos atraído. Há apenas duas emoções: uma é boa e a outra, ruim. Você as chama por vários nomes diferentes. Mas, essencialmente, todas aquelas emoções negativas, quer você as chame de culpa, raiva ou frustração, todas elas carregam a mesma sensação: uma sensação ruim. E tais emoções mostram que o que você está pensando nesse exato momento não está alinhado com o que você realmente quer.

De um outro ponto de vista isso pode ser chamado de uma frequência ruim ou uma vibração ruim ou qualquer outro nome que você queira. Aquelas emoções boas, aqueles sentimentos de esperança ou felicidade ou amor, aquelas emoções positivas, mostram que o que você está pensando nesse momento está alinhado com o que você realmente quer. Nossos sentimentos ou emoções são como um termômetro que informa se estamos nos trilhos ou não. Quanto melhor você se sente, mais alinhado está. Quanto pior você se sente, mais desalinhado está. O que você faz quando você passa pelas variedades das experiências do seu dia-a-dia é oferecer pensamentos que, literalmente, dão forma às suas experiências futuras. Você pode saber pelo modo como você se sente se as coisas que você está buscando irão lhe agradar quando as conquistar. O que quer que você esteja sentindo é um reflexo perfeito do que está acontecendo no processo de criação.

Você atrai exatamente o que  sente, não exatamente o que pensa. Se uma pessoa levanta da cama e já tropeça em algo, ela tende a reclamar da má sorte e seguir assim o resto do dia. As pessoas não fazem ideia de que uma simples mudança na atitude e humor delas pode mudar um dia inteiro e até as suas vidas. Se você começa o dia se sentindo bem e se mantém nesse estado, contanto que você não permita que algo mude o seu ânimo, você passará o dia, continuamente, de acordo com a lei da atração, atraindo mais situações e pessoas que mantenham esse ânimo.

Você pode passar a se sentir saudável nesse exato momento, ou próspero, ou mesmo sentir o amor que está ao seu redor. Mesmo que estas coisas ainda não estejam lá de verdade. O que acontece é que o Universo irá corresponder ao ritmo da sua música, do seu sentimento interior. Ele irá se manifestar simplesmente porque é assim que você se sente.  Aquilo no qual você se foca com pensamento e sentimento é o que você atrai. Quer seja algo que você queira ou não. É duro de engolir. Mas quando nós conseguimos aceitar isso, as consequências são maravilhosas. Significa que o que quer que o pensamento já tenha feito na sua vida pode ser desfeito por uma mudança na sua consciência.

 “Você cria a sua própria realidade à medida que caminha.”

É muito importante que você se sinta bem, porque esse sentimento é o que é disperso como um sinal para o Universo e começa a atrair mais desse mesmo sentimento até você. Quanto mais você se sentir bem mais você irá atrair as coisas que o (a) ajudarão a se sentir bem e continuará elevando você cada vez mais.

Quando você se sente para baixo, você já notou que é possível mudar isso num estalo de dedos? Coloque alguma música, comece a cantar, isso mudará o seu ânimo. Ou pense em algo lindo, pense em um bebê chorando ou sorrindo, talvez um que você ame. Se apegue a isso, mantenha esse pensamento na sua cabeça, se esqueça de tudo e se foque somente nesse pensamento. Você passará a se sentir bem.

Você é o criador da sua própria realidade. O processo de criação é um processo que consiste em três passos.

O primeiro é pedir o que você deseja. Você não precisa usar palavras para pedir, porque o Universo não ouve as suas palavras. O Universo (Deus) responde completamente aos seus pensamentos e à intensidade dos seus bons sentimentos.

O que você realmente quer?

Sente-se e escreva o que você quer num pedaço de papel, no presente do indicativo. Você pode começar assim: “Eu estou muito feliz e grato agora que tenho...” e então explique como deseja que seja a sua vida em todas as áreas. Isso é muito divertido. É como se você tivesse o Universo como o seu catálogo: você o folheia e pensa: “Puxa, gostaria de ter esta experiência, este produto, uma pessoa assim etc.”. É você fazendo encomendas com o Universo. É fácil assim!

O segundo passo é responder. É provocar, atrair uma resposta ao que você está pedindo. Essa não é a sua parte, fisicamente falando. Essa é a parte do Universo. Todas as forças do Universo estão respondendo aos pensamentos e aos bons sentimentos que você enviou. Então o Universo passará a se rearranjar para fazer com que as coisas aconteçam para você. Muitas pessoas nunca se permitem querer o que elas realmente querem porque não conseguem ver como isso pode se concretizar.

Se você fizer uma pequena pesquisa, verá como é evidente que todos que já conquistaram algo não sabiam como o fariam. Eles sabiam somente que iriam fazer. Você não precisa saber como as coisas virão. Você não precisa saber como o Universo vai se rearranjar. Você não sabe como, mas será mostrado a você. Você atrairá o caminho.

Algumas pessoas irão dizer provavelmente que pedem, mas nada acontece. Então veremos: você está pedindo, está em dia com o passo um; o Universo está respondendo, - sempre responde, sem exceção - mas há uma outra coisa que você deve compreender.

O terceiro passo é o da recepção. Esse é o passo no qual você deve se alinhar com o que está pedindo. Quando você está alinhado com o que quer, se sente esplêndido. Isso é o que se conhece por entusiasmo, alegria, gratidão, paixão. Mas quando você se sente desesperado, com medo ou com raiva, demonstra indicadores fortíssimos de que não está em alinhamento com o que está pedindo. Quando você passa a se dar conta de que o modo como se sente é tudo e passa a direcionar os seus pensamentos baseados no modo como eles fazem você se sentir, pouco a pouco consegue encontrar o pensamento e sentimento corretos. E passa a fazer com que o que pediu se manifeste em sua vida.

Quando você fizer dessa fantasia um fato, estará em posição de construir fantasias ainda maiores e melhores. E isso é o processo de criação. O estudo e a prática da lei da atração consistem em descobrir o que pode lhe ajudar a gerar os sentimentos de já possuir o que deseja.

Vá fazer o test drive do carro que você deseja, visite a casa que você quer comprar, faça o que puder para gerar o sentimento de já possuir o que você quer! E lembre dessas pequenas sensações, guarde-as e irá atrair o que deseja.

Pode ser que você acorde de manhã e o que você pediu já esteja lá. Ou você pode ter uma inspiração para alguma coisa que lhe levará até o que deseja. Pode ser solicitada uma ação sua. Você pode pensar nas ações que tenha que tomar e detestar ter que fazer tais coisas, talvez porque você não goste de tais atividades. Se você não se sente bem com as ações que tem que tomar, você está no caminho errado. Você não está alinhado com o que você pediu. Ações serão solicitadas de sua parte. Mas se você estiver em alinhamento com o que você quer, essas ações lhe serão prazerosas.

O Universo gosta de velocidade. Não adie, não pense duas vezes, não duvide. Quando a oportunidade estiver lá, quando o impulso estiver lá, quando algo lhe cutucar por dentro, aja! É esse o seu trabalho. E é tudo o que você tem a fazer. Você irá atrair tudo o que você solicitar. Quer sejam grandes recursos financeiros que você queira atrair, quer sejam pessoas ou um livro. Você deve prestar atenção para o que você está sendo atraído. Você será atraído a coisas e elas serão atraídas a você. Elas se movem na realidade física com e através de você. E isso acontece seguindo uma lei.

Você pode começar do nada. E partindo do nada, partindo de alternativa nenhuma, um caminho será construído. Pense nisso: um carro sendo guiado no meio da noite. Só é possível se enxergar cerca de 60 metros à frente. Mesmo assim, é possível que você vá de Porto Alegre até São Paulo dirigindo no escuro, porque tudo o que você precisa ver são esses 60 metros. É assim que a vida tende a se desenrolar para nós. Se você confiar que os próximos 60 metros estarão lá, a vida continuará se desenrolando. E você chegará ao destino, qualquer que seja ele, desde que realmente queira chegar lá. Você chegará lá, porque você quer. 

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentario cadastrado

Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição