Quarta, 14 de outubro de 2015

Nossa roça

Primeiro negócio social agroturístico de Minas resgata a essência da simplicidade por meio de experiências de lazer e diversão no campo

redacao@revistaecologico.com.br



font_add font_delete printer
Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Há coisa melhor do que um fim de semana na roça, sentindo o cheiro de mato, nadando em rios limpos ou saboreando uma autêntica refeição feita no fogão a lenha? Não! E, se você mora na cidade grande e sente falta de momentos como esses, agora tem mais um motivo para buscar lazer e diversão no campo.

Trata-se do projeto “Nossa Roça”, primeiro negócio social de Minas Gerais no segmento do agroturismo e que faz parte do “Programa Dignidade”, da Fundação Dom Cabral.

Funciona assim: por meio do site www.nossaroca.tur.br, o participante escolhe quais atividades quer fazer com o perfil descrito (ideal para descanso, excursões, pessoas com deficiência etc.). Na sequência, o site redireciona para o local e as famílias rurais que poderão recebê-lo. Os anfitriões, muito hospitaleiros, recebem os visitantes com simpatia e estão sempre disponíveis, explicando a rotina com suas criações, plantações e atividades. A comida é simples e deliciosa, à base de produtos locais, livres de agrotóxicos.

Para aqueles que desejam apenas descansar, não faltam sombras de árvores, paisagens belíssimas e um riacho para molhar os pés. E quem quiser participar de atividades cotidianas do campo não ficará de fora: tem muito biscoito para enrolar, doce para fazer, animal para alimentar, verdura para colher e semente para plantar!

As famílias que participam do “Nossa Roça” estão localizadas em municípios próximos a Belo Horizonte (MG). Fazem parte dessa etapa inicial do projeto os municípios de Lagoa Dourada, Barbacena, Itabira, Barão de Cocais, Itaverava, Piranga, Caranaíba e Betim.

A atividade agroturística possui um inestimável valor social, pois fortalece as comunidades na luta contra as drogas, trabalho infantil, exploração sexual de crianças e adolescentes  e reforça a agricultura familiar e o cuidado com o meio ambiente, sendo ainda uma das alternativas ao êxodo rural

Saiba mais:  

www.nossaroca.tur.br

www.fdc.org.br

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentario cadastrado

Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição