Terça, 05 de janeiro de 2010

1º Salão da Natureza

Vencedores do 19º Concurso Nacional de Fotografias da Natureza, promovido pela SOM, em parceria com a Revista ECOLÓGICO, confirmam a beleza resistente do meio ambiente

redacao@revistaecologico.com.br



font_add font_delete printer
1º lugar 'Matas de Ibitipoca Flávio' Dayrell Gontijo<br> Parque Estadual do Ibitipoca (MG)

1º lugar 'Matas de Ibitipoca Flávio' Dayrell Gontijo
Parque Estadual do Ibitipoca (MG)

Com um número recorde de participantes – nada menos que 1.600 trabalhos fotográficos do Brasil e de outros países – o tradicional concurso criado há quase 20 anos pela Sociedade Ornitológica Mineira (SOM) subiu mais um patamar este ano. Virou o “’1º Salão da Natureza”, com direito a exposição e visitação pública no foyer superior do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, de onde sairá em caravana ecológica, iniciando por Ouro Preto.

Ao anunciar as fotos premiadas (leia box a seguir), o novo presidente da SOM, Carlos Cavalcanti, confirmou o intuito da iniciativa: “Como quaisquer outros exemplares da fauna terrestre, os pássaros são tanto um alerta da vida quanto um aviso de morte. Isso depende do que estamos fazendo com os seus hábitats, já que em locais com lixo tóxico nem urubu aparece. A sobrevivência das suas tão distintas e belas espécies depende do amor ou desamor à natureza que trazemos dentro do nosso coração”.

Para o ex-ministro e atual secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas, José Carlos Carvalho, nem tudo está perdido. E as fotos premiadas confirmam isso: “Ainda há uma natureza extremamente forte, além de bela, que insiste em viver e embelezar o planeta. Se aprendermos com ela, ao invés de ignorá-la, há esperança de não termos o mesmo destino comum que se anuncia”.
Confira:

O som da Som

Fundada em 1967, a Sociedade Ornitológica Mineira (SOM) teve em sua presidência nomes expressivos do ambientalismo brasileiro, como Hugo Werneck, Luiz Felipe Vieira de Melo e Maria Tereza Ferola, até ficar sob o comando, por mais de 30 anos, do jornalista e ecologista Mário Viegas, morto ano passado. Antes da atual gestão do empresário Carlos Cavalcanti, seu sucessor foi o conselheiro e vice-presidente Sidney Moraes. A novidade este ano, além da transformação do Concurso “Fotografe a Natureza” em “1º Salão da Natureza”, foi ter Yara Tupynambá como curadora. Segundo a artista mineira, com “o apoio de todos, a SOM será o som maior (como o dos pássaros) em defesa da natureza”.
Para saber mais: soc.ornitologica@ibest.com.br
(31) 3222-5515.

Compartilhe

Comentários

ana

Saudades de Mário Viegas.


Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição