Terça, 05 de janeiro de 2010

Capadócia: no berço da história

Cidade é o roteiro perfeito para quem já viajou muito e busca paisagens e emoções simplesmente inéditas

Paulo Queiroga - pqueiroga@terra.com.br



font_add font_delete printer
Vale das Chaminés de Fada, em Göreme: passeio <br>imperdível. (Foto: Regina Queiroga)

Vale das Chaminés de Fada, em Göreme: passeio
imperdível. (Foto: Regina Queiroga)

A Capadócia, na Turquia, centro do Mundo Antigo e berço da civilização, é um destino para quem já está acostumado a viajar e busca o inédito. Cravada na Ásia Menor, seu território guarda uma história que remonta há 9 mil anos. A chamada Anatólia recebeu migrações de todos os lados. Passou pelas mãos dos Hititas, dos Frígios, Celtas e Persas, fez parte do império de Alexandre o Grande, foi anexada pelos romanos e nela o cristianismo e o islamismo se desenvolveram fortemente. Confira, a seguir, algumas atrações desse roteiro:

Paisagem Bíblica

Segundo a Bíblia, os judeus da Capadócia estavam presentes em Jerusalém, na Festividade dos Pentecostes. A primeira epístola de São Pedro se dirige também aos Capadócios e foi para lá que Maria, a mãe de Jesus, fugiu após a morte de seu filho. As comunidades cristãs construíram ali igrejas e mosteiros em impressionantes esculturas escavadas em rocha de origem vulcânica, num cenário de ficção.

Riqueza humana

Aterrisar no aeroporto de Nevsehir, a 700 km de Istambul, traz a sensação de chegarmos ao meio do nada, ao fim do mundo. O planalto seco e árido, o céu, num azul absoluto, sem nuvem alguma; e nenhuma cidade ao alcance das vistas provocam uma tremenda mudança no estado de espírito. Quando avistamos plantações de melão, melancia, berinjela, tâmaras, nozes, pistaches, damascos e figos é que, aos poucos, nos aclimatamos e nos surpreendemos com a riqueza humana por trás do árido cenário. No trajeto de 50 minutos, subindo por estrada asfaltada entre colinas, até 1.800m de altitude, chegamos a Ürgüp, a cidade mais preparada para o turismo na região.

Crédito: Jose Javier Martin Esparto/Flickr CC

Monumentos Naturais

A população é formada por 98% de mulçumanos. A partir do século VII d.C., a expansão do islamismo chegou, ampliando o poder do Islã na região e em toda a atual Turquia. Os ensinamentos de Alá e o seu livro sagrado, o Alcorão, são levados muito a sério. As esculturas naturais foram se formando ao longo do tempo, moldando a pedra vulcânica arenosa. Rios, chuvas, tempestades de neves e ventos fortes modificaram a paisagem, criando fantásticas formações rochosas. Os monumentos são como cogumelos e castelos construídos numa paisagem lunar.

Salve São Jorge

Em Ürgüp você encontra os banhos turcos (hamam), obras históricas das épocas dos Seljukos Otomanos, mesquitas, biblioteca, rica cerâmica e tapeçarias de encher os olhos. A cidade tem boa estrutura de hospedagem. Mas, é preferível ficar nas pequenas pousadas que guardam a vida simples, os costumes locais e onde o atendimento é mais humanizado. A poucos quilômetros de Ürgüp, na cidade de Göreme, as rochas onde foram esculpidos mosteiros e igrejas são um impressionante museu a céu aberto. No Vale das ‘Chaminés de Fada’, um dos antigos centros da Cristandade, você poderá homenagear um dos santos mais conhecidos no Brasil: São Jorge, no local onde ele nasceu.

Tempo sagrado

O Ramadã é um período sagrado móvel no calendário mulçumano. Durante 30 dias por ano, a população faz jejum, oração e caridade. Nesse período, a venda de bebidas alcoólicas é proibida. Se você for amante de uma gelada, poderá encontrá-la em alguns supermercados e tomá-la, praticamente escondido.

Lugar de magia

O que torna a Capadócia um lugar realmente exótico é a intervenção do homem harmonizada com o lento e incansável capricho das esculturas do ‘Grande Arquiteto do Universo’. Não por acaso, é um destino relativamente barato, considerando sua originalidade e riqueza histórica. Agora, está fácil conhece-lo, com voos da Turkish Air Lines, partindo de São Paulo diretor para Istambul. O melhor período para sua viagem é de março a outubro, quando o frio intenso dá trégua. Dificilmente você se esquecerá da magia desse lugar.

Crédito: Mário Tomé/Flickr CC

QUEM LEVA

O colunista viajou a convite da Turkish Air Lines e Nascente Turismo. Informações: Nascente turismo. Rua Rio de Janeiro 1.314, Lourdes/BH. Telefone: (31) 3273-5900 / www.nascentetour.com.br.
 

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentario cadastrado

Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição