Terça, 02 de janeiro de 2018

Extra! Ecológico no Enem 2017

Conteúdo da maior publicação sobre sustentabilidade de Minas Gerais é lido e analisado por mais de seis milhões de candidatos inscritos



font_add font_delete printer

Conteúdo da maior publicação sobre sustentabilidade de Minas Gerais é lido e analisado por mais de seis milhões de candidatos inscritos

 

Um dos textos produzidos pelo jornalista Marcos Guião, colunista da Revista Ecológico, foi tema de uma das questões da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) aplicada no dia 05 de novembro em todo o país.

Trata-se do artigo “Que tal chá de rosas brancas?”, publicado na edição 64, que circulou na lua cheia de dezembro de 2013. Em sua coluna “Natureza Medicinal”, Guião, que também é especialista na produção, coleta e beneficiamento de plantas para a fabricação de chás, falou das propriedades medicinais das rosas brancas. Elas contribuem para reduzir o colesterol e controlar a pressão sanguínea, além de serem ricas em vitaminas e minerais.

“Fiquei lisonjeado em ver o texto em uma prova dessa dimensão. Procuramos fazer um trabalho simples e ter isso reconhecido e valorizado é muito bom”, afirmou o jornalista.

A questão número 32 do Enem, que trazia o trecho da sua matéria, foi incluída no Caderno de Provas Amarelo (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Redação; Ciências Humanas e suas Tecnologias). Ou seja, foi lido e respondido por mais de seis milhões de candidatos inscritos.

Ecológico nas escolas

Esta não é a primeira vez que o conteúdo da Revista Ecológico é utilizado em iniciativas educacionais, principalmente como fonte de consulta, referência e pesquisa escolar. Desde 2012, via acesso impresso e digital, a  seção Ecológico nas Escolas disponibiliza informações educativas a professores e pedagogos de 3.800 escolas públicas de ensino fundamental em Minas Gerais.

O projeto tem apoio do Governo do Estado, por meio da Codemig. Levantamento feito junto à Secretaria de Estado da Educação demonstrou que 100% dos professores não usam somente as páginas específicas sobre educação ambiental; mas “toda” a revista que, há 26 anos circula sempre nos dias de lua cheia, seguindo o calendário da natureza.

Além de democratizar a informação ambiental, a proposta com linguagem jornalística do Ecológico nas Escolas é ajudar os educadores a trabalharem a questão da sustentabilidade local e planetária com seus alunos em salas de aula. 

Sempre validados por um especialista acadêmico, os assuntos abordados na seção são variados: desde os biomas brasileiros, suas floras e faunas, até poluição atmosférica, energia limpa e a questão hídrica, entre outros. E acompanham também sugestões de atividades práticas de preservação ambiental a serem realizadas pelos professores tanto no âmbito escolar quanto, por extensão, nas casas dos alunos.

Saiba mais

enem.inep.gov.br

www.revistaecologico.com.br

Para ler o texto “Que tal chá de rosas brancas?” na íntegra, acesse goo.gl/JaS7oy

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentario cadastrado

Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição