> Edições Anteriores > Beleza Ameaçada > ENSAIO FOTOGRÁFICO

Domingo, 09 de julho de 2017

O pédipê encantador de Júlio Toledo

A beleza florida dos ipês de Belo Horizonte sob as lentes do fotógrafo mineiro Júlio Toledo

redacao@souecologico.com.br



font_add font_delete printer
Edifício Niemeyer. Foto: Júlio Toledo

Edifício Niemeyer. Foto: Júlio Toledo

Engenheiro civil de formação acadêmica, o fotógrafo de arquitetura, paisagismo e ensaísta mineiro Júlio Toledo, autor do Projeto Pédipê,   realizado em parceria com o Movimento Savassi Criativa e o Verdemar, é um contumaz apaixonado pelos ipês da capital mineira. Isso explica o porquê dessa sua paixão se reciclar, à cada nova florada deles, em meio aos prédios históricos da ex-“Cidade Vergel”, segundo versos do poeta Olavo Bilac.

Vencedor do “Concurso Cultura 2014”, do Ministério da Cultura, pela premiada instalação audiovisual “Sinfonia para uma Cidade Jardim” (www.facebook.com/bhcidadejardim), em parceria com a Voltz Design, ele conseguiu mais que o justo reconhecimento do Governo Federal, conforme a Revista Ecológico registrou na época:

“Deixou boquiabertas as milhares de pessoas que compareceram ao Circuito Cultural Praça da Liberdade, no Prédio Verde. O motivo, mais que natural, foi o público ter apreciado, por meio de reproduções gigantes, a beleza diversa das flores e da arquitetura da capital mineira. Não apenas na primavera que se aproxima, mas em todas as quatro estações do ano”.

Júlio Toledo é também criador dos calendários sobre a Serra da Moeda e BH Cidade Jardim, além das cinco Coleções Ipês de cartões-postais, vencedoras do título “Gentileza Urbana 2010”, pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB/MG), entre outros projetos de sucesso.

Em seu trabalho, Júlio lembra que BH é a primeira cidade planejada efetivamente no Brasil, além de já ter ostentado o título de “Cidade Jardim”, a exemplo de Paris, em cujo paisagismo se inspira e que possui mais de 500 bens tombados.

“Diversos tipos de florações, com especial destaque aos ipês, cuja flor é o símbolo brasileiro, ainda colorem o nosso espaço urbano. Isso mostra que é possível buscar novamente o título que BH perdeu ao longo das administrações municipais”, provoca  o fotógrafo.

É o que você, caro leitor, cara leitora, pode comprovar a seguir. Desfrute conosco dessa sempre renovada e democrática paixão pela beleza e cores dos nossos ipês.

 

Fotógrafo Júlio Toledo. Foto: Divulgação

 

Confira, a seguir, a emoção que eles transmitem!

 

 Praça da Liberdade. Foto: Júlio Toledo

 

 Rainha da Sucata. Foto: Júlio Toledo

 

 Florações da espécie Tabebuia impetiginosa: beleza em cachos. Foto: Júlio Toledo

 

 

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentario cadastrado

Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição