Quarta, 01 de fevereiro de 2017

Exemplo Brasilis

Ranking global Corporate Knights elege a Natura como a empresa mais sustentável do Brasil

redacao@revistaecologico.com.br



font_add font_delete printer

Não é preciso ir para fora do país para encontrar empresas compromissadas com a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável. E que, inclusive, já incorpora, de forma visionária, a sustentabilidade em seus processos de produção, na manutenção responsável das matérias-primas e em seus produtos. A Natura é um exemplo disso.

De acordo com o ranking Global 100, elaborado pela companhia canadense de mídia e pesquisa Corporate Knights, a empresa 100% brasileira foi apontada como a mais sustentável do país e a 19ª do mundo. Esta é a oitava vez consecutiva que a Natura aparece na lista. A fabricante de cosméticos subiu 42 posições em relação a 2016, quando ocupou o 61º lugar.

O levantamento das 100 empresas mais sustentáveis foi apresentado em 17 de janeiro, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.  Elas tiveram os melhores desempenhos entre quase cinco mil companhias analisadas com valor de mercado superior a US$ 2 bilhões. A lista, que está em sua 13ª edição, é determinada por 14 indicadores de sustentabilidade, incluindo a receita que as companhias usam por unidade de energia consumida, a relação entre a remuneração do presidente da empresa e o salário médio dos colaboradores, a capacidade de inovação e o percentual de impostos pagos. 

A Natura tem a gestão integrada dos aspectos financeiro, social, ambiental e cultural incorporada em sua cultura organizacional e em todos os seus processos. Foi a primeira companhia de capital aberto a se tornar uma Empresa B certificada, em dezembro de 2014, e tem como ambição gerar impacto positivo para a sociedade até 2050.

“A sustentabilidade perpassa toda a nossa história, desde a opção pelo modelo de negócios de venda direta – gerando renda para mais de 1,8 milhão de consultoras – até o desenvolvimento, a fabricação e a distribuição de nossos produtos”, afirma o presidente da Natura, João Paulo Ferreira.

O uso sustentável da biodiversidade amazônica é um dos principais vetores de inovação da companhia, que tem mais de 80% de seus ingredientes de origem vegetal. Seus produtos também se diferenciam pelo uso de álcool orgânico em todas as linhas de perfumaria e por suas embalagens ecoeficientes, com materiais reciclados pós-consumo, PET reciclado e refis.

“As empresas do Global 100 são expoentes poderosos da ideia de que fazer melhor para a sociedade e o planeta também pode ser financeiramente recompensador”, disse Toby Heaps, CEO da Corporate Knights.

João Paulo Ferreira: "A sustentabilidade perpassa toda a nossa história"

Fique por dentro:

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza. Líder no setor de venda direta no Brasil, registrou R$ 7,9 bilhões de receita líquida em 2015, possui mais de sete mil colaboradores, 1,9 milhão de consultoras e operações na Argentina, Bolívia, Chile, México, Peru, Colômbia e França. A estrutura da companhia é composta por fábricas em Cajamar (SP) e Benevides (PA), oito centros de distribuição no Brasil, um hub logístico em Itupeva (SP) e centros de Pesquisa e Tecnologia em São Paulo (SP) e Nova Iorque (EUA).

 

Saiba mais:
www.natura.com.br

www.corporateknights.com/reports/global-100

Compartilhe

Comentários

Nenhum comentario cadastrado

Escreva um novo comentário
Outras matérias desta edição